20/11/2009 --- Camurujipe moderniza a frota


Salvador - Com a incorporação de 20 novos ônibus pela empresa Camurujipe, nesta quarta-feira (18), a Bahia atinge a marca de 60% de renovação da frota do sistema intermunicipal de transporte. Iniciado em maio de 2007, o programa chega a 961 veículos entregues, de um total de 1.600 previstos até 2010, representando um investimento, até aqui, de R$ 288,3 milhões, de um total de R$ 480 milhões previsto ao final do programa.

Este é o segundo investimento que está sendo feito pela Camurujipe nos últimos 12 meses - no total a empresa já aplicou recursos da ordem de R$ 18,3 milhões na modernização da frota. Em dezembro de 2008, a Camurujipe tinha adquirido 18 novos ônibus, em cumprimento ao programa estabelecido pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Infra-Estrutura e Agerba (Agência de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia.

O secretário de Infra-Estrutura, João Leão, informou que o programa é fundamental para a melhoria da qualidade dos serviços prestados à população. ''A frota do intermunicipal estava sucateada, em 2007, com idade média de 15 anos. O governo Wagner convocou os empresários , que passaram a investir no programa de renovação e hoje o quadro é totalmente diferente, com ônibus novos atendendo aos passageiros de todas as regiões'', observou.

Responsável pelo transporte mensal de 10 milhões de passageiros, o sistema intermunicipal é operado por 50 empresas, que geram 10 mil empregos diretos e 40 mil indiretos. O faturamento anual é de R$ 600 milhões. O diretor- executivo da Agerba, Aristides Amorim, explicou que o programa de renovação deixará a Bahia em posição privilegiada no setor.

''A frota atual das empresas chega a 3 mil veículos e ao final dos quatro anos do programa serão 1.600 novos ônibus em circulação. A idade média de toda a frota do sistema cairá para 5 anos ao final do programa'', disse Amorim.

Operando 57 linhas do intermunicipal na Bahia, a empresa Camurujipe é uma das mais tradicionais do setor, com 50 anos em operação. Em setembro de 2008, teve o seu controle transferido para o Grupo Weipar, que está promovendo uma completa reestruturação na companhia, com investimentos em novos equipamentos, em treinamento de pessoal e, principalmente, em manutenção da frota.

Voltar